a espiguinha

sexta-feira, novembro 21

Do meu workshop de automaquilhagem...

Cá estou eu para vos contar o que aprendi. O workshop foi direcionado para cada pessoa. Éramos 4 alunas para cada formadora. Durou 4 horas e o tempo passou a voar.
Foi bastante interessante e ver as transformações de cada uma foi realmente fascinante. Era por fazes, uma formadora explicava, fazia na outra e depois era a nossa vez de tentar.
Antes de mais nada, minhas meninas, cara lavada e hidratada!!!!

Começamos pelos olhos, porque segundo elas, é mais fácil para quem inicia. Usamos um primário de olhos. Este prepara a pele para a maquilhagem e ajuda a fixas as sombras.
De seguida aplicamos a primeira sombra na palpa móvel (a que abre e fecha). De seguida uma mais escura. Essa foi aplicada também na palpa móvel mas de fora para dentro. Aqui temos uma grande truque: devemos imaginar uma linha desde a asa do nariz até ao canto do olho; prolongamos mais um pouco essa diagonal e é assim que colocamos a sombra mais escura; isto vai dar uma ideia de elevação do olho. De seguida outra cor para a palpa fixa.
Atentem na roda das cores. Devemos usar as imediatamente próximas (cores análogas) ou as exatamente no oposto (cores complementares).
Depois o lápis preto.
Até aqui está?

 
Agora, vamos à base. Esta tem que ser escohida para a pele de cada uma. 
Quando se compra uma base deve testar-se mesmo na cara, mais propriamente de lado no maxilar, e não na mão, como é feito em muitas perfumarias. Deve ser aplicada com um pincel próprio de base. Primeiro na testa, depois o nariz de sempre do meio para fora da cara. Não abusem da quantidade. As que têm doseador, dois é suficiente.

De seguida vem o pó. Também deve ser especifico a cada pele e depende da base. Aplicamos com uim pincel próprio e por fim o blush.



Atenção: Isto foi a minha experiencia e o que eu me lembro. Façam o vosso workshop e não se vão arrepender.

Sem comentários:

Enviar um comentário